"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Pe. Geovane Saraiva na Revista digital mais completa do Brasil

http://domtotal.com/noticia/1136331/2017/03/espirito-de-sabedoria/
http://domtotal.com/noticia/1058840/2016/08/a-vida-e-vocacao/









Compartilhe:

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

A voz de Deus

Padre Geovane Saraiva*
O absoluto de Deus é mistério e comunhão indizíveis, a partir de uma fé firme e segura. Como parte da família dos filhos de Deus, totalmente aberta e voltada ao mistério a nos envolver, lembro-me das palavras de Dom Helder: “Quando as palavras somem, quando os cuidados adormecem, quando nos entregamos, de verdade, nas mãos do Senhor, o grande silêncio nos mergulha na paz, na confiança, na alegria... E a voz de Deus se faz ouvir”. É a voz de Deus que nos leva a acreditar na Sua palavra, sempre criadora e vivificadora, caso a acolhamos com humildade, na certeza de contarmos com sua misteriosa presença.

Sua voz clama aos cristãos de hoje, dentro da comunidade dos batizados, assim como clamou e penetrou no coração do mundo no decorrer dos séculos em toda a sua plenitude. Voz de Deus muitas vezes no silêncio da noite, exemplo concreto de Deus falando a Samuel, numa profunda paz e sossego (cf. 1Sm 3, 3-10). Só mesmo a partir de um espírito aberto, tranquilo e calmo é possível ouvir, perceber e acolher a voz inspiradora de Deus. Jesus, na sua missão, andando de lugar em lugar, tinha palavras a desconcertar a muitos, porque chegava ao fundo do coração, tocando, lá no interior, a vida das pessoas, sensibilizando-as.

Nosso Deus é solidário e próximo de seu povo; é um Deus comunhão que quer de verdade entrar na vida daqueles que abraçam a fé, buscam respeito, acolhida e compreensão solidária. É claro que Deus não nos fala como falou a Samuel, chamando-o diversas vezes pelo nome. Fala-nos de diversos e variados modos e circunstâncias, manifestando sua santa vontade. Em muitas ocasiões é preciso contar com o socorro de pessoas generosas, no discernimento à vontade de Deus. Veja o exemplo do pequeno Samuel, dirigindo-se a Eli, como nos ensina o Livro Sagrado.

Nossas celebrações litúrgicas devem estar de acordo com o ensinamento da Mãe Igreja, longe de ser um espetáculo espiritual. Ao contrário, que ela conduza a um sincero e profundo envolvimento, levando as pessoas a mergulharem no sagrado, no próprio Deus. Convencidos de que a eucaristia alimenta nosso chamado e nossa missão, tornando mais claro e evidente os nossos passos, chamados a dar uma resposta ao infinito amor de Deus para conosco. Amém!

*Pároco de Santo Afonso e vice-presidente da Previdência Sacerdotal, integra a  Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza - geovanesaraiva@gmail.com

Compartilhe:

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Papa Francisco chega para visita de três dias ao Chile

Esta é a sexta viagem do papa à América Latina.
Por G1

Papa Francisco chega nesta segunda-feira (15) em Santiago, no Chile (Foto: Reprodução/Globonews)
Papa Francisco chega nesta segunda-feira (15) em Santiago, no Chile (Foto: Reprodução/Globonews)

O Papa Francisco chegou na noite desta segunda-feira (15) ao Chile, onde fará uma visita de três dias. O Papa foi recebido pela presidente Michelle Bachelet e três crianças, que lhe entregaram flores, assim como membros da Igreja e outras autoridades. O forte vento levou Francisco a tirar o solidéu ao desembarcar do avião.

Durante sua permanência de três dias no Chile (de 15 a 18 de janeiro) , Francisco se reunirá com autoridades, comunidades indígenas, religiosos e pessoas carentes, em Santiago, Temuco (600 km ao sul de Santiago) e Iquique (1.800 km ao norte), onde vai celebrar missas. Autoridades do governo chileno estimam que 500 mil pessoas devem comparecer a uma missa marcada para a terça-feira em Santiago.

Papa Francisco chega nesta segunda-feira (15) a Santiago, onde foi recebido pela presidente Michelle Bachelet e outras autoridades (Foto: Alessandra Tarantino/AP Photo)
Papa Francisco chega nesta segunda-feira (15) a Santiago, onde foi recebido pela presidente Michelle Bachelet e outras autoridades (Foto: Alessandra Tarantino/AP Photo)
Depois do Chile, o Papa seguirá para o Peru, onde passará pela capital Lima e por Puerto Maldonado e Trujillo.

Leia: Por que papa Francisco não vai à Argentina?

Segundo o secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolin, "não será uma viagem simples". O Papa Francisco deve enfrentar protestos contra pedofilia na Igreja, já que a nomeação do chileno Juan Barros, acusado de acobertar abusos sexuais de um sacerdote, como bispo de Osorno (sul do Chile), provocou reação contrária.

Nesta segunda, ativistas de vários países lançaram em Santiago uma organização global contra o abuso sexual infantil na Igreja e exigiram que o Papa Francisco mude "perdões" por "ações" para enfrentar a pedofilia.

Esta é a sexta viagem do papa à América Latina, depois do Brasil (2013), Equador, Bolívia e Paraguai (2015), Cuba (2015), México (2016) e Colômbia (2017).

Papa Francisco chega nesta segunda-feira (15) em Santiago, no Chile (Foto: Reprodução/Globonews)
Papa Francisco chega nesta segunda-feira (15) em Santiago, no Chile (Foto: Reprodução/Globonews)
CHILE

PAPA FRANCISCO
Compartilhe:

Por que papa Francisco não vai à Argentina?

O papa Francisco desembarca nesta segunda-feira (15) na América Latina para o seu sexto giro na região. Mais uma vez o sumo pontífice evitou passar pela Argentina, onde seu posicionamento político ambíguo, que poderia ser instrumentalizado durante a visita, divide a população.

Jean-Louis Buchet, correspondente em Buenos Aires, RFI

15/01/2018 16h08  Atualizado há 56 minutos
O Papa Francisco acena ao embarcar em Roma para viagem ao Chile, na segunda-feira (15) (Foto: Filippo Monteforte/AFP)
O Papa Francisco acena ao embarcar em Roma para viagem ao Chile, 
na segunda-feira (15) (Foto: Filippo Monteforte/AFP)

Desde que assumiu o pontificado, há quatro anos, o papa visitou a maioria dos países de língua espanhola na América Latina. Desta vez, o chefe da Igreja Católica desembarca no Chile e segue para o Peru. As duas nações se juntam à lista já composta por Equador, Bolívia, Paraguai, México, Colômbia e Cuba. Sem esquecer os vizinhos Brasil, ao sul, e Estados Unidos, ao norte.

O papa ainda não foi ao Uruguai e à Venezuela desde que foi eleito. Mas todos se questionam principalmente sobre a ausência repetida da Argentina em seus giros pela região. Até porque, ao deixar seu cargo de arcebispo de Buenos Aires, em 2013, Francisco prometeu “voltar em um mês” a seu país natal. No entanto, a terceira maior nação da América Latina, de maioria católica, vêm sendo sistematicamente excluída dos roteiros na região.

Analistas locais afirmam que uma das razões dessa ausência seria a imagem do papa, que teria se degradado em seu próprio país. Se Jorge Bergoglio contava com a unanimidade de seus compatriotas quando foi escolhido para substituir Bento 16, com o tempo essa situação mudou e Francisco passou a dividir opiniões em sua terra natal, principalmente por motivos políticos.

Frio com Macri e sorridente com sindicalistas
O papa é visto, principalmente pelos próximos do governo, como um simpatizante do peronismo, atualmente na oposição. Já aqueles que o apoiam e pedem que ele visite o país o fariam numa tentativa de beneficiar de sua imagem de potencial adversário do presidente de centro-direita Mauricio Macri, eleito em novembro de 2015.

Esse risco de instrumentalização surgiu por causa do engajamento político de Francisco, palpável por meio de mensagens que ele envia a seus compatriotas, ou ainda ao receber no Vaticano sindicalistas e líderes sociais. Alguns afirmam até que o comportamento do sumo pontífice mudaria em função do convidado: frio e distante durante os encontros oficiais com Macri, e sorridente e descontraído ao lado dos membros da oposição, principalmente peronistas. Alguns desses opositores, aliás, não perderam tempo e, ao voltarem de Roma, declararam que o papa os teria apoiado em suas críticas à política do atual governo.

Papa peronista?
O sumo pontífice nunca escondeu sua ligação com o peronismo, modelo que recusa a luta de classes, colocando os pobres e excluídos no centro do debate, e que inspirou a doutrina social do jesuíta. Porém, os que chamam Francisco de “papa peronista”, esquecem que, mesmo se ele atuou muito nos bairros pobres de Buenos Aires quando era arcebispo, o atual chefe da Igreja Católica sempre teve uma relação tensa com a ex-presidente Cristina Kirchner. Essa posição de Bergoglio não teria mudado. A única diferença é que, agora, sua mensagem tem mais peso e que alguns, entre eles os Kirchner e os líderes sociais, utilizam-na politicamente.

Diante dessa situação, Francisco teria preferido evitar seu país para não expor as divisões da Argentina sobre suas posições. Uma viagem nesse contexto poderia resultar em menos fieis para recebê-lo, multidões politizadas nas missas e críticas de parte da sociedade.

O governo argentino já assinalou que a falta de uma visita do papa ao seu país natal até o final do mandato de Macri, em dezembro de 2019, poderia ser interpretada como uma afronta.
Compartilhe:

29 mil indígenas vivem no Vicariato de Puerto Maldonado

P. Maldonado, a Igreja comprometida com os mais pobres
29 mil indígenas vivem no Vicariato de Puerto MaldonadoO Vicariato não possui meios para subsistência autônoma e como é comum nestes casos, o bispo titular é o próprio Papa, que delega sua autoridade ao Vigário, Dom David Martínez.
Cristiane Murray – Puerto Maldonado

Milhares de visitantes virão a esta localidade no coração da selva peruana para ver o Papa Francisco no dia 19. Por isso, o bispo de Puerto Maldonado, Dom David Martínez de Aguirre Guinea, pediu às centenas de pessoas que participaram da missa às 6h30 da manhã deste domingo (14/01) que tenham paciência porque a cidade vai viver um momento inédito e histórico.
Colaboração com as autoridades na gestão da cidade nos próximos dias

Começaram também a ser distribuídos os passes para o encontro ao ar livre na esplanada  do Instituto Jorge Basadre. Vai ser preciso acordar cedo para estar às 3h30 nos pontos de concentração estabelecidos pela Organização  para os ingressos. Os bancos das primeiras filas, onde tomarão lugar idosos e portadores de deficiência, foram construídos por detentos do cárcere da cidade. Todos – como disse Dom David – vão participar, de alguma forma. Antes deste evento, o Papa terá um encontro, ali ao lado, com os povos indígenas no Coliseu Madre de Dios, um grande ginásio de esportes fechado, mas telões vão transmitir tudo para quem estiver fora.

Dom David é o bispo jovem deste Vicariato que embora criado em 1900, não possui meios para subsistência autônoma.

“ Como é comum nestes casos, o bispo titular é o próprio Papa, que delega sua autoridade ao Vigário, que em Puerto Maldonado, provém da Ordem dos Dominicanos ”

Distante 2 horas de voo de Lima, poucas ruas aqui são asfaltadas, chove muito nesta época do ano e as ruas ficam alagadas rapidamente. A pobreza é a constante, em todo lugar se vá. Aqui os ricos vieram, extraíram tudo com a mineração, trouxeram doenças e geraram prostituição, poluíram os rios e importaram lanchonetes aonde as refeições se acompanham de refrigerantes. Deixaram o povo ainda mais pobre . Os índios, aqueles que cuidavam da terra, ficaram urbanizados e contaminados. No Vicariato, a população indígena é de 29 mil índios de 22 povos e 171 comunidades nativas.

O comprometimento da Igreja

A presença da Igreja é importante. Missionários dominicanos  criaram em 2003 o Centro Cultural Amazônico José Pio Aza para difundir a realidade social e cultural das etnias e promover o conhecimento e análise das realidades sociais amazônicas, a defesa das culturas, a promoção do desenvolvimento dos povos indígenas e a consciência solidária.

Mas os maiores esforços, com meios e pessoas, a Igreja dedica à educação dos povos indígenas. Em parceria com o Estado, tenta-se promover a educação intercultural e bilíngue, especialmente nas comunidades mais isoladas. 

“ O Vicariato mantém três internatos para estudantes indígenas, crianças e adolescentes que recebem formação integral para no futuro serem lideranças capacitadas em seus povos de origem. ”

São muitos os desafios da Amazônia; o Papa Francisco os conhece. Ele escolheu Puerto Maldonado, no Peru, uma visita que simboliza a sua proximidade aos 34 milhões de homens e mulheres que aqui coexistem com o seu entorno e que asseguram a vida a grande parte do planeta. Salvar estas vidas, como toda a Criação de Deus, é a sua missão.

Compartilhe:

Ator e namorada norte-americana são presos após atirar em hotel de Rio Claro

Thierre Di Castro Garrito, de 39 anos, e Mariah Bonsal, de 27, foram detidos após a Polícia Militar ser recebida a tiros nesta segunda-feira (15).
Por G1 São Carlos e Araraquara

15/01/2018 15h12  Atualizado há menos de 1 minuto
Casal é preso em Rio Claro, SP, por porte ilegal de arma e tentativa de homicídio

Um casal de namorados foi preso em flagrante em Rio Claro (SP) por tentativa de homicídio e porte ilegal de armas após atirar dentro de um hotel, na madrugada desta segunda-feira (15). A Polícia Militar informou que um dos tiros atingiu o escudo de proteção da equipe. Uma câmera de segurança flagrou o tiroteiro e a chegada da polícia. (Confira o vídeo acima). Ninguém ficou ferido.

A defesa do casal informou que o ator é dependente químico e vai pedir a internação de ambos. (veja abaixo o posicionamento).

Disparos após mudança de quarto
Thierre Di Castro Garrito, de 39 anos, e a namorada norte-americana, Mariah Bonsal, de 27, estavam hospedados em um hotel, que fica próximo à Rodovia Washington Luís (SP-310), e pediram para mudar de quarto porque não se sentiam seguros.

Casal foi preso em Rio Claro nesta segunda-feira (15) (Foto: Arquivo pessoal)
Casal foi preso em Rio Claro nesta segunda-feira (15) (Foto: Arquivo pessoal)
Pouco tempo depois funcionários ouviram dois disparos. A PM foi acionada e cercou o local. Segundo o tenente Felipe Fernandes Carvalho, os policiais foram recebidos a tiros e uma das balas atingiu o escudo de um PM.

“Após isso, nós fizemos uma rápida verbalização, ele se rendeu, soltou a arma e levantou a mão. A namorada dele portava uma pistola e também soltou a arma. Os dois se renderam e foram encaminhados à delegacia”, contou o tenente.

Armas
O ator estava com um revólver calibre 38 e a namorada com uma pistola 635. Na delegacia, foi registrada a prisão em flagrante dos dois por porte ilegal de arma e tentativa de homicídio qualificado. Mas o casal nem chegou a ser ouvido.

Armas apreendidas com com o casal em Rio Claro (Foto: Reprodução/EPTV)
Armas apreendidas com com o casal em Rio Claro (Foto: Reprodução/EPTV)
Segundo informações do boletim de ocorrência, o casal estava visivelmente alterado pelo uso de drogas. Eles foram levados para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Avenida 29 para cuidados médicos.

“Eles se mostravam totalmente alterados, falavam coisas desconexas, alegavam estar sendo perseguidos por pessoas. Durante a apresentação da ocorrência na delegacia, eles se mostravam desorientados, foi necessário o encaminhamento deles até uma UPA para que fossem medicados, se acalmassem até para garantir a integridade física deles”, explicou o tenente.
Tenente da PM relatou que casal estava alterado (Foto: Ronaldo Oliveira/EPTV)
Tenente da PM relatou que casal estava alterado (Foto: Ronaldo Oliveira/EPTV)
Como a mulher é estrangeira, foi preciso acionar o Centro de Comunicação de Operações da Polícia Civil (Cepol), setor responsável por informar os casos de prisão à embaixada dos Estados Unidos no Brasil. Um intérprete deve acompanhar o depoimento dela. Os dois serão ouvidos assim que tiverem alta da UPA.

Defesa
A advogada Simone Widmer, que defende o casal, disse que o ator é dependente químico e que vai pedir a internação de ambos. “Mesmo eles não tendo sido interrogados, vou redigir o pedido de liberdade provisória. Ele já tem histórico e um processo de porte de entorpecentes”, disse.

Advogada disse que vai pedir a internação do casal (Foto: Ronaldo Oliveira/EPTV)
Advogada disse que vai pedir a internação do casal (Foto: Ronaldo Oliveira/EPTV)

Compartilhe:

Desmatamento pode aquecer o clima ainda mais do que o pensado originalmente

domtotal.com
A equipe avaliou as formas complexas em que os gases reativos emitidos pelas florestas podem afetar nosso clima.
Uma vez no ar, os gases emitidos pelas florestas reagem com outros produtos químicos atmosféricos para formar pequenas partículas.
Uma vez no ar, os gases emitidos pelas florestas reagem com outros produtos químicos atmosféricos para formar pequenas partículas. (Eduardo Santos/ Flickr/ Creative Commons).

A pesquisa, publicada na Nature Communications, descobriu que esses gases reativos resfriam nosso clima, o que significa que o desmatamento levaria a temperaturas mais elevadas do que anteriormente antecipadas à medida que menos gases fossem criados.

O autor principal do estudo, Dr. Catherine Scott, da Escola de Terra e Meio Ambiente, disse: “A maioria das avaliações anteriores, sobre os impactos climáticos do desmatamento, tem focado a quantidade de dióxido de carbono que seria emitida ou as mudanças na forma como a energia terrestre troca energia e água com a atmosfera.

“Mas, além de absorver dióxido de carbono e dar oxigênio, as árvores emitem outros gases que participam de reações químicas complicadas na atmosfera e há implicações em reduzir esses gases”.

A equipe avaliou as formas complexas em que os gases reativos emitidos pelas florestas podem afetar nosso clima.

Uma vez no ar, os gases emitidos pelas florestas reagem com outros produtos químicos atmosféricos para formar pequenas partículas. Essas partículas podem refletir a luz solar de volta ao espaço, esfriando o clima.

Mas os gases reativos emitidos pelas árvores também podem aumentar as quantidades de ozônio e metano, ambos os gases de efeito estufa que têm efeitos de aquecimento no clima.

A equipe usou um modelo de computador complexo, desenvolvido na Universidade de Leeds, para calcular esses diferentes efeitos de aquecimento e resfriamento.

Coautor do estudo, Dominick Spracklen, professor de Interações Biosfera-Atmosfera: “Os cientistas sabem há muito tempo que as árvores emitem gases reativos para a atmosfera. Mas o impacto que esses gases têm sobre o clima até agora não foi tão amplamente estudado quanto os efeitos das emissões de dióxido de carbono.

“Ao entender esses efeitos complexos, agora sabemos mais sobre como as florestas estão afetando nosso clima, e podemos ver uma imagem mais clara das repercussões do desmatamento”.

“Descobrimos que os impactos de refrigeração desses gases superam os impactos do aquecimento, o que significa que os gases reativos distribuídos pelas florestas têm um efeito de resfriamento global em nosso clima”.

O Dr. Scott acrescentou: “Os efeitos de aquecimento e resfriamento desses gases estão mais equilibrados nos trópicos, onde a maioria do desmatamento está ocorrendo – sugerindo que realmente precisamos entender mais sobre a força desses impactos”.


EcoDebate, 12-01-2018.
Compartilhe:

Capela em Fortaleza (CE) é alvo de roubo e vandalismo

Capela São Bernardo após invasão / Foto: Facebook Lucivaldo Júnior

Resultado de imagem para Capela em Fortaleza (CE) é alvo de roubo e vandalismoFORTALEZA, 15 Jan. 18 / 10:30 am (ACI).- A capela de São Bernardo, no Centro de Fortaleza (CE), foi roubada e vandalizada na última semana, quando destruíram o altar, bancos, armários e janelas do templo, além de levaram uma quantia em dinheiro.
O caso aconteceu na madrugada do dia 11 de janeiro e, segundo Padre Paulo Sérgio Amorim, pároco de Nossa Senhora do Carmo, paróquia à qual pertence a capela, a hipótese inicial de profanação foi descartada.

O sacerdote explicou ao site ‘O Povo’ que recebeu a notícia da invasão da capela por volta das 6h. Ao chegar ao local, contou ter visto que o teto de madeira tinha uma abertura. Assim, o presbítero deduziu que o indivíduo teria entrado pelo telhado.

“Fez a loucura de pular no altar para tentar amortecer a queda, quebrando o altar. Como tinha marcas de sangue no chão, eu acho que ele se feriu e deve ter desistido de praticar o roubo (de objetos religiosos)”, contou o padre, assinalando que a queda do sujeito foi de cerca de 8 metros de altura.

Nesse sentido, Padre Paulo Sérgio indicou que a profanação do altar foi “involuntária”, devido à queda sofrida pelo indivíduo.

Em seguida, o padre acredita que o ladrão tentou usar os bancos para “formar uma escada” a fim de subir novamente ao telhado. Não conseguindo, seguiu para a sacristia, que foi arrombada e onde também havia marcas de sangue. Neste local, os armários foram derrubados.

“No banheiro a mesma coisa, tem um banheiro dentro da sacristia. Depois acredito que arrombou a livraria, que tem uma porta de acesso na sacristia. Ele levou R$ 70 que estavam na gaveta. Ele saiu pela janela do quarto em cima, que tem escada de acesso, derrubando a grade chumbada”, relatou o sacerdote.

De acordo com Padre Paulo Sérgio, foi registrado um Boletim de Ocorrência do caso na delegacia local.

No total, a comunidade ainda não calculou os danos causados, porém, o mais caro, segundo indicam, é o altar. O pároco explicou que “somente a parte de cima quebrou” e a base de mármore ainda está “em bom estado”.

Informou ainda que a paróquia possui “dinheiro reserva” para cobrir parte dos danos e que um fiel se prontificou a pagar os custos dos reparos de marcenaria.

Porém, Padre Paulo Sérgio lamentou que não se trate da primeira vez que sua paróquia é alvo de roubos e vandalismo. Segundo ele, este foi o terceiro caso em apenas quatro anos.

“De todos, esse foi o que deu prejuízo maior. Estou pensando em colocar alarme e ver se coloco também arames cortantes em cima do telhado. É o jeito. Infelizmente é algo que está acontecendo na cidade, que temos que conviver e dificulta ainda mais a nossa vida”, lamentou o pároco.
Suspeito quebrou o altar da capela. Administração diz que as invasões são frequentes. (Foto: Zoé Neto/Arquivo Pessoal)
Suspeito quebrou o altar da capela. Administração diz que as invasões são frequentes. (Foto: Zoé Neto/Arquivo Pessoal)
Compartilhe:

Liam Neeson diz que denúncias de assédio sexual viraram 'caça às bruxas'

'Há algumas pessoas famosas sendo acusadas de repente de encostar no joelho de uma garota, ou algo assim, e são tirados de seus programas', disse ator.
 France Presse

15/01/2018 10h48  Atualizado há 55 minutos

Liam Neeson em 'Mark Felt - O homem que derrubou a Casa Branca' (Foto: Divulgação)
Liam Neeson em 'Mark Felt - O homem que derrubou a Casa Branca' (Foto: Divulgação).

O ator Liam Neeson acredita que há "um pouco de uma caça às bruxas" em Hollywood, após diversas acusações e assédio e abuso sexual reveladas na esteira do caso Weinstein.

Após as revelações acerca do produtor de Hollywood Harvey Weinstein, dezenas de personalidade do mundo do entretenimento, das artes, da mídia, da política e da gastronomia foram acusadas publicamente de assédio, abuso sexual, ou estupro.

"É um pouco de uma caça às bruxas", declarou Neeson, de 65 anos, na noite de sexta-feira a uma emissora irlandesa.

"Há algumas pessoas famosas sendo acusadas de repente de encostar no joelho de uma garota, ou algo assim, e de repente eles são tirados de seus programas", opinou.
O ator tinha sido questionado sobre a saída, em novembro, do apresentador Garrison Keillor, muito conhecido nas rádios americanas, por "comportamento inapropriado" com uma funcionária.

Já sobre o caso do ator americano de 80 anos Dustin Hoffman, acusado de assédio e abuso sexual por diversas mulheres, Neeson se disse "indeciso".

"Quando você está numa peça e está com sua família - outros atores, técnicos - você faz coisas estranhas, e elas se tornam como superstições. Se você não fizer toda noite, você acha que vai dar azar à peça", explicou o ator.

Mais tarde, na mesma entrevista, Neeson reconheceu que a tendência geral de denunciar o assédio sexual era "saudável".
Compartilhe:

Lula Diz Que Decisão De Juíza Sobre Triplex Que Desmoralizou Moro Merece Pedido De Vistas Por Parte Do TRF4

Por Redação Click Política  Em 15 jan, 2018

Para que o julgamento do ex-presidente Lula seja justo e técnico, deveria começar pelo reexame da condenação de Sergio Moro, diante de um fato novo e contundente:

“a autorização de penhora do triplex do Guarujá, pela juíza Luciana Correa, de Brasília, a pedido de um credor da OAS, num reconhecimento de que o imóvel não pertence a Lula, e sim à empreiteira”, escreve a colunista Tereza Cruvinel;

Leia Também
ALERTA! Professor da USP bota mais gasolina e sugere que Lula será…
15 jan, 2018
MENTIRAM PRO POVO? Mourão não foi exonerado e continua no mesmo cargo;…
15 jan, 2018
“Se o julgamento for realmente justo e técnico, este fato pode ensejar um pedido de vistas por parte de um dos desembargadores que julgarão o recurso”, completa.

Compartilhe:

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com